Skip to content

Como (quase) me livrei das espinhas!

10/11/2009

acne-espinhas-acabar

Passei pela adolescência quase ilesa à maldita acne, tinha apenas alguns cravinhos, a pele levemente mista e muito raramente uma espinha pipocava. Posso dizer que tinha uma pele óteeema apesar desses pequenos detalhes.

Mas, contudo, porém, entretanto, depois de véia, aos 19 anos, tive uma crise de ovários policísticos e as maledetas começaram a estourar mais que pipoca em porta de escola, e o pior, bem nas bochechas (que na minha opinião, é onde fica mais feio!). Eram aquelas espinhas que ficam como vulcões, estouram, viram feridas eternas, depois manchas e enfim, saram depois de uns 3 meses.

Mesmo tratando com anticoncepcional e produtos indicados, elas não cessavam. E foi assim desde os meus 19 anos até fazer 27, no começo deste ano. Eu não tinha muitas espinhas ao mesmo tempo, mas sempre tinha pelo menos 1, 2 ou 3, grandes e que moravam no meu rosto por muito tempo.

O grande problema, é que justamente as últimas espinhas que tive, resolveram deixar marcas eternas. Todas que apareceram entre o final do ano passado e começo deste ano, deixaram cicatrizes e manchas que sairão apenas com tratamentos mais severos, como laser. Por enquanto, as marcas continuam aqui “enfeitando” meu rosto, para isso, haja make!

Bom, mas estou aqui para contar como quase consegui dar um fim nesta praga. Quase, porque na TPM uma ou outra sempre insiste em aparecer! As dicas são uma “reunião” de informações passadas por dermatos, matérias que li em revistas e internet.

Não sou dermatologista, então meu objetivo não é dar dica de produtos, remédios, tratamentos médicos ou estéticos. Apenas algumas dicas de como incorporar alguns cuidados no nosso dia-a-dia, que com certeza irão refletir na nossa pele!

1. Tá, eu sei que já disse que não vou dar dica de produtos, mas preciso dizer que o sabonete Effaclar da La Roche Posay mudou a minha pele, ou melhor, a minha vida! Ele limpa a pele muito bem, sem ressecar, e ajuda mesmo a combater as espinhas e oleosidade! Enfim, a primeira dica é: usem um bom sabonete específico!

2. Assim como o sabonete, eleja (junto com seu dermato) uma linha de cuidados específicos e adequados para sua pele: tônico, adstringente, hidratante etc. Não queira resultados no primeiro dia ou primeira semana, o resultado é a longo prazo, espere pelo menos 3 meses para ter um parecer!

3. Protetor solar, esse nem precisa citar. Eleja um específico para seu tipo de pele, e pode dispensar o hidratante se achar que a hidratação do protetor dá conta.

4Não lave o rosto várias vezes por dia, pois a pele produzirá mais óleo para repor a proteção que foi retirada, e o resultado será catastrófico. Duas vezes por dia está de bom tamanho, de manhã e antes de dormir.

5. Não compartilhe toalhas de rosto com ninguém, e mais: troque a toalha a cada uso! Isso impedirá que as bactérias se proliferem no tecido úmido e depois migrem para seu rosto. Sim, essa parte é bem chatinha, mas uma das mais necessárias! Você pode comprar 1 dúzia de micro toalhas, assim fica mais prático para lavar, secar e passar – sim, é necessários passá-las! Se achar isso muito pouco prático, substitua a toalha por papel (algum papel bem macio, até papel higiênico, desde que separe um rolo apenas para este fim – não vá usar o que está lá ao lado do vaso!)

6. Mais uma parte chata, a fronha também deve ser trocada todos os dias, pelos mesmos motivos da toalha. Sempre tive espinhas do lado esquerdo do rosto, e percebi que 90% da noite, passo virada para o lado esquerdo, há muitos anos. Na verdade, as fronhas podem ser trocadas a cada dois dias, use um dia de cada lado e troque. E, sempre que possível, deixe o travesseiro no sol.

7. Não passem a mão no rosto durante o dia. Impossível? Não é não, eu consegui, agarantcho! Assim evita levar bactérias até seu rosto. E ainda conseguirá manter o make impecável o dia todo, não tem blush que não dure quando não passamos a mão no rosto.

8. Sempre lave as mãos antes da sua rotina de cuidados com o rosto.

9. E nem preciso dizer: se alguma teimar em aparecer, não cutuque, não esprema! Se detonar a maledeta for um caso de vida ou morte, ao menos lave e desinfete muito bem as mãos e o rosto, antes e depois!

Depois que passei a seguir todo esse ritual, desde o começo deste ano, posso dizer que minha pele melhorou 80%, mesmo não tomando mais hormônios há mais de 3 anos. Agora só falta reunir minhas forças $$$ para fazer um bom tratamento que elimine minhas cicatrizes e manchas!

Espero que as dicas sejam bacanas para alguém que passe pelo mesmo problema!

E é claro, nunca deixem de ir ao dermatologista! Existem casos e casos, e muitas vezes são necessárias algumas medidas mais “drásticas” para combater a acne!

Anúncios
11 Comentários leave one →
  1. Estela permalink
    11/11/2009 18:41

    Nossa, esse post caiu do céu! Mas acho que no meu caso, tenho que tomar o Roacutan mesmo, mas vou seguir suas dicas pra ver se ameniza um pouco! Até porque quero engravidar logo, não quero tomar esse remédio!

    Bjinhos!

    • chiquesemchilique permalink*
      11/11/2009 18:56

      Oi Estela!
      É, Roacutan dá um medinho, ainda mais quando estamos querendo engravidar. Mas conheço muitas pessoas que usaram e o resultado foi um sucesso! Eu tenho vontade de tomar, principalmente pra ver se dá um jeito na oleosidade, não aguento mais essa pele rs! Bom, veja com seu médico qual é a melhor saída!
      Boa sorte!
      Bjão!

  2. Juzinha permalink
    11/11/2009 18:44

    Olha, nunca tinha parado pra pensar nesse lance da toalha e fronha….vou começar a trocar todo dia, coitada da minha mãe hihi!!!
    Estou usando a linha Normaderm da Vichy, mas faz sdó 15 dias…mas já senti uma melhora.

    bjo!

    • chiquesemchilique permalink*
      11/11/2009 18:58

      Ou Juzinha!
      Hahaha, é, trocar toalhas e fronha todos os dias dá um belo trabalhinho mesmo! Mas compensa!
      Que bom que já está sentindo resultado com a linha Normaderm. Daqui um tempo passe aqui para contar se realmente vale a pena!
      Bjos!

  3. Maria Elisa Rosa permalink
    12/11/2009 14:41

    Ai, Mari, já sabia de quase todos esse cuidados, mas o mais difícil é conseguir seguir a risca… Sou muito indisciplinada, affff…
    Minha pele é muito oleosa, mas não tenho muuuuuuuuitas espinhas, tenho mais cravos.
    Estou melhorando meus cuidados, mas ainda preciso melhorar muito…

  4. Anne Hinckel permalink
    17/11/2009 16:00

    Aiii, A-D-O-R-E-I 🙂
    Alias, não só esse post, como seu blog inteiro.
    Parabéns.

  5. Monique permalink
    28/01/2010 15:18

    Oieeee, sou nova por aqui e estou ADORANDO ! Suas dicas são ótimas!

    Tenho o mesmo problema que vc e fiz um tratamento ( com orientação do meu dermato ) basicamente como indicou : 1 bom sabonete – eu usei o EPIDAC E lavar o rosto poucas vezes – apenas 3 vezes ao dia. A unica coisa diferente q fiz foi o uso de um medicamento: Selimax Pulso ( Azitromicina ). Minha pele é ouuuutra. Enfim, cai no mesmo final q o seu, aguardar $$$$ para iniciar o tratamento para as manchas q ficaram rsrsrs

    Um bjo grande

  6. 28/01/2010 15:51

    Oi Mari ! Tenho 31 anos, e por volta dos 25 comecei a ter os mesmos problemas: espinhas como nunca havia tido antes, com centro de pus e que depois de secar manchavam (mesmo eu sendo usuária de protetor solar acima de 30 desde os 15 — nesse momento, passei a usar só o 60). Sempre freqüentando minha dermato maravilhosa (Dra. Maria Cristina Cavalheiro, de São José dos Campos, a médica mais simpática, detalhista e atenciosa que conheço), passamos quase 4 anos tentando de tudo. Sempre fui muito cuidadosa com minha pele e todos os produtos, os melhores do mercado ou manipulados, tinham resultado no começo, e depois de uma semana a um mês a pele piorava. (Para ajudar, eu tenho a pele sensível). Nunca tomei hormônios, nem Roacutan, sempre fui natureba na alimentação e estava quase enlouquecendo.

    Aos 23 anos, adquiri o hábito de ter sempre uma barrinha de cereal na bolsa para não deixar o intervalo entre as refeições maior que 3 horas ou para substituir um doce. Consumia em média três por dia e elas me ajudaram a atingir e manter meu peso ideal.

    Uma amiga comentou que havia parado de comer as barrinhas por orientação médica, e eu resolvi parar com elas: FOI COMO TIRÁ-LAS COM A MÃO ! Minha pele voltou ao que sempre foi.

    Agora, de um ano para cá eu ganhei um melasma na testa, presente dos 30 ou da minha profissão, mas ao menos não tenho aquelas espinhas dos 25.

    Espero ter ajudado !

  7. zilma luz permalink
    24/04/2010 12:13

    oi mari,tenho o mesmo problema,alguns anos atrás,minha dermato,indicou o uso de um barato e eficaz,ácido glicólico,para tirar essas marquinhas horriveis que a acne deixa,ela me receitou 7%,foi otimo,realmente limpou minha pele,e é barato na manipulação,na epoca um potinho de 30 gramas,custou 10,00 reais.consulte sua medica,pergunte a ela.é muito,mais muito $$$$$$$$,mais barato do que laser.beijinhos

  8. Carol permalink
    18/06/2010 17:12

    adoreii as dicas! passo pelo mesmo problema que você já passou, me identifiquei com cada linha do post!!! Com certeza irei seguir todas as dicas!
    beijo linda

  9. Lilian permalink
    11/08/2010 23:06

    Nossa menina, que engracado…parece q vc esta contan do passo a passo sobre a historia das “maleditas”espinhas em minha vida… Comigo aconteceu exatamente como contigo…e temos ate a mesma idade heheh. Entretanto ainda sou dependente do antconcepcional…tsic, tsic…odeio. Mas isso as mantem sob controle entao…Bom, agora meu sonho de consumo eh o tal do FRAXEL que parece milagroso para essas nossas marquinhas horrorosas.
    Muito obrigada por compartilhar as dicas. Tntarei segui-las
    Bjks

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: